Escrito por

revista-forbes-elogia-proposta-psc-w1

A revista Forbes, em sua edição de setembro, faz um alerta sobre o risco que representa, para o futuro do País, uma hipotética reeleição da presidente Dilma nas eleições de outubro. E as cinco razões pelas quais, segundo a Forbes, Dilma Rousseff não deve ser reeleita são: 1) a recessão na economia; 2) inflação em alta; 4) crescimento da dívida Pública; 4) estagnação na distribuição de renda; e 5) os escândalos na Petrobras. De acordo com a publicação, sob o comando da presidente Dilma Rousseff, o "Brasil passou da efervescência para a melancolia".

Sobre o caso do escândalo da Petrobras, o autor do artigo da Forbes chega a citar o Pastor Everaldo como o candidato que, apesar de ter apenas 1% das intenções de voto, segundo as pesquisas, apresentou a solução mais lógica para o problema: a privatização da companhia.

Obviamente, eu não fico feliz em ver o Brasil nessa situação; mas fico satisfeito por constatar que o meu diagnóstico, e o do PSC, sobre as mazelas que nos impedem de seguir adiante, está correto. Uma nação não cresce com inflação e recessão; não cresce com as contas públicas sem controle e com escândalos; não cresce sem distribuição de renda. Isso tudo, somado, afeta seriamente até a auto-estima da nossa população. É por isso que é preciso mudar e pra valer!

E o cenário fica ainda mais preocupante quanto o partido que detém o poder no País e sua principal representante, a presidente Dilma, são incapazes de reconhecer os erros e, pior, perseguem aqueles que apontam os descalabros, como é o caso do PSC. Estamos com nossa campanha eleitoral suspensa pelo TSE devido a uma representação do PT, que não sabe aceitar críticas e age com autoritarismo ao calar a voz dos que não se conformam com a atual realidade e querem mudá-la pela via democrática, ou seja, por meio das eleições.

Escrito por

O Partido Social Cristão e o presidenciável Pastor Everaldo vêm a público manifestar a sua indignação e repúdio diante de uma ação antidemocrática do PT que, mediante representanção junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), retirou do ar, durante 24 horas, nesta terça-feira (16 de setembro) a propaganda eleitoral do partido e do Pastor.

Na representação, o PT alega que as críticas feitas pelo PSC no dia 13 de setembro foram "ofensivas e degradantes". Para o presidenciável Pastor Everaldo e para o Partido Social Cristão e, certamente aos olhos da sociedade brasileira, a atitude do Partido dos Trabalhadores vem confirmar o comportamento autoritário de um partido que não sabe lidar com a crítica.

As manifestações contra o PT podem ser vistas diariamente nas redes sociais e a reação contra a campanha do PSC demonstra, na realidade, um temor de não conseguir ir para 2º turno e vencer as eleições.

PSC Nacional - Pastor Everaldo

PT-BANNER-w2

Escrito por

museu-pedro-americo-w

No município paraibano de Areia, onde nasceram o pintor Pedro Américo (quadro "Grito do Ipiranga") e o escritor José Américo de Almeida (livro "A Bagaceira") reafirmei, no sábado, 6/9, em visita ao Museu da cidade, o compromisso que tenho de, eleito presidente, investir maciçamente em cultura e educação, usando o dinheiro que vamos ter a mais através do combate à corrupção.

O plano de governo do Partido Social Cristão (PSC) tem como um de seus eixos principais a qualidade de vida, entendendo que um projeto completo com este fim de ampliar a qualidade de vida do povo brasileiro deve necessariamente buscar, entre vários outros itens, "educação e saúde livres e descentralizadas; esporte e cultura independentes". Algumas de nossas ações relacionadas a esta área são: Investimento público prioritário em programas de inclusão social da população jovem e carente através da cultura; Crescente desoneração fiscal no setor cultural nacional, em virtude do relevante serviço social prestado; ações que garantam acesso de toda a sociedade brasileira à cultura.

feira-livre-areias-w3

feira-livre-areias-w2

Nossa viagem pelo Nordeste neste fim de semana começou com uma caminhada na feira livre do município de Areia, na Paraíba (a 136 km da capital, João Pessoa), sábado, 6/9. Depois, estivemos em Campina Grande, onde concedemos entrevistas e também gravamos um programa eleitoral para a televisão, Em seguida, fomos à João Pessoa, para reuniões políticas e mais entrevistas, antes de seguirmos para a capital pernambucana, Recife, e, depois, Fortaleza, Ceará.

feira-livre-areias-w4

Na Paraíba, tive o prazer de estar acompanhado de nosso candidato a vice-presidente, Leonardo Gadelha, e do ex-senador Marcondes Gadelha, candidato a deputado federal pelo PSC-PB.

Escrito por

O Pastor Everaldo nasceu na comunidade do Acari, no Rio de Janeiro. Aprendeu a trabalhar desde criança. Foi camelô na feira com seu pai. Não tinham muito, mas tinham o amor da Família e eram ricos da graça de Deus.

Foi servente de pedreiro e aos 14 anos foi aprovado em concurso para office boy. Foi uma grande bênção, com seu salário pagou os estudos na faculdade de economia e finanças.

No meio da carreira, casou-se e teve 3 filhos: Laercio, Paula e Filipe.
Trabalhou em várias companhias de seguros, onde aprendeu muito. Pouco tempo depois, montou a sua própria empresa.

 

Veja o que diz o Pastor Everaldo hoje:

"Defendo a livre iniciativa e a livre concorrência, por isso vou passar todas as empresas que hoje são foco de negociatas politicas e corrupção para a iniciativa privada.

O imposto que você paga e some no ralo da corrupção será aplicado na saúde, educação e segurança pública.

Eu não vou decepcionar você, eu não vou decepcionar o Brasil".