Escrito por

No dia seguinte à sua eleição na convenção nacional do partido, o presidente nacional do PSC já estava em viagem pelo Brasil para continuar seu trabalho de consolidação da força do partido em todo o País.

Escrito por

Uma concorrida reunião na sede do Partido Social Cristão, realizada em Brasília dia 17 de julho de 2015, confirmou, agora também no papel, Pastor Everaldo presidente nacional do PSC. A convenção nacional que elegeu Everaldo contou com a presença da executiva, do diretório nacional, de presidentes estaduais, da bancada federal, de prefeitos e outros líderes municipais e estaduais. O presidente do PSC agradeceu a todos e afirmou que pretende continuar trabalhando duro pela construção de um Brasil melhor e de uma legenda forte e influente na sociedade, em defesa da vida, da família e da justiça social.

Escrito por

antenados-entrevista-pastor-everaldo-IMG 0832

Numa entrevista que concedi ao programa "Antenados na Geral", em 31 de março, pela Rede Boas Novas de televisão, fiz um balanço do atual momento por que passa o nosso Brasil. Não pude deixar de comentar a situação caótica de nossa economia, a prática habitual da mentira por este governo do PT (ou seria melhor dizer, desgoverno...) e lamentei intensamente as notícias de corrupção que se multiplicam a cada dia. Também sugeri alternativas para atingirmos uma governabilidade possível e continuarmos a construção da democracia em nosso país, apesar de tudo que aí está e que tem irritado a população a tal ponto que as mobilizações e protestos são cada vez mais presentes e intensas em nossa sociedade.

Escrito por

pastor-everaldo-vice-presidente-temer-rabino-eckstein-1

Na quarta-feira, 18/3, tive a alegria de levar o Rabino Yechiel Eckstein numa audiência que conseguimos com o Vice-Presidente Michel Temer em seu gabinete em Brasília, DF. Na ocasião, o religioso disse a Temer que sua organização, que busca ajudar judeus perseguidos no mundo inteiro para levá-los para Israel, terá também uma sede em Goiânia, a capital do estado de Goiás. Ucrânia e Rússia estão hoje concentrando o maior número de judeus perseguidos. A organização também trabalha em dar assistência aos sobreviventes do holocausto e contribuiu no ano passado com 180 milhões de dólares para serem utilizados em Israel na área de segurança. Também esteve conosco neste encontro o Diretor de Relações Institucionais da Federação Israelita do Estado do Rio de Janeiro (Fierj), Arnon Velmovitsky.